Padronização de vestuário e aglomerações estão proibidas em Itapetim (PE)

domingo, 7 de outubro de 2012


Vestir roupas iguais e formar grupos próximo aos pontos de votação, são algumas das proibições da Justiça Eleitoral, segundo o Ministério Público. Em Itapetim (PE), outras recomendações foram feitas. Confira:

Dados fornecidos pela Justiça Eleitoral

Abstenham-se de manter veículos (inclusive carroças e bicicletas) adesivados, com plotagens ou qualquer espécie de propaganda eleitoral estacionados, dentro do limite de 100 metros dos locais de votações, evitando a propaganda eleitoral de determinado candidato;

Abstenham-se de promover o derramamento de qualquer material de propaganda eleitoral, pesquisar/enquetes, entre outros e nem permitir que sejam lançados esses materiais de propagandas relacionados aos seus candidatos nos dias anteriores, especialmente na véspera, antevéspera ou no dia das eleições (07 de outubro de 2012), quando haverá fiscalização especial, nos logradouros públicos, ruas, travessas, becos, praças e nas proximidades das sessões eleitorais;

Abstenham-se de usar vestuário com padronização de cores de partido, bem como evitem aglomerar-se (mais de duas pessoas) usando bandeiras, broches, dísticos e adesivos no dia das eleições (07 de outubro de 2012), de modo a caracterizar manifestação coletiva, quando haverá fiscalização especial, nos logradouros públicos, ruas, travessas, becos, praças e nas sessões eleitorais;

Abstenham-se os candidatos e líderes políticos (inclusive Prefeitos e vereadores) de circular e efetivar visitas nos locais de votações, evitando-se com tal ato a conhecida “boca de urna”, devendo o candidato e/ou líder político exercer o seu direito ao voto e retirar-se dos locais de votações, dado que o dia das eleições é destinado a reflexão do eleitor, não servindo para efetivar-se campanha eleitoral, não havendo necessidade dessas pessoas circularem em outros locais de votações que não sejam o destinado a sua seção eleitoral;

Abstenham-se de entrar na cabine de votação portando câmeras, filmadoras e aparelho de telefonia móvel;

Abstenham-se os fiscais partidários, nos trabalhos de votação, a padronização do vestuário, sendo permitido apenas que, em seus crachás, constem o nome do partido político ou coligação que sirvam;

Abstenham-se os profissionais taxistas e moto taxistas que, no dia das eleições, transportem eleitores a serviço de qualquer candidato, só podendo transportar eleitores, mediante pagamento feito pelo próprio eleitor ou alguém de sua família;

Abstenham-se de promover ou participar, sob qualquer pretexto, no dia das eleições, de carreatas, aglomerações de qualquer espécie ou “buzinaços”, nem promovam a distribuição de qualquer meio de propaganda eleitoral, casos em que terão seus veículos apreendidos e serão conduzidos às autoridades policiais para as devidas providências de apuração dos delitos cometidos conforme o caso e posterior ação penal.

1 comentários:

Anônimo disse...

Acho dificil isso ser conprido aqui en itapetim,pago pra ver!!!!!!!!!!!!!!!!!

Postar um comentário